15 de jun de 2012

Sábias palavras

Comecei a ler um livro, onde encontrei uma frase atribuída a Mahatma Gandhi:
"Suas crenças se tornam seus pensamentos,
Seus pensamentos se tornam suas palavras,
Suas palavras se tornam suas ações,
Suas ações se tornam seus hábitos,
Seus hábitos se tornam seus valores,
Seus valores se tornam o seu destino."
Gandhi, que não era consultor de Feng Shui, conseguiu sintetizar nestas sábias palavras uma conduta fundamental aos praticantes desta técnica.
Como também nos ensinou o Mestre Lin Yun, não é apenas o bom Feng Shui que traz resultados, mas também o destino, a boa sorte, as ações e pensamentos de seus praticantes são determinantes no sucesso da consultoria.
Pouco tempo depois de fazer uma consultoria na casa nova de um cliente, tive a notícia de seu declínio profissional, endividamento e até crise conjugal.
Com raiva, ele quis culpar a mim, a consultoria, o Feng Shui, o Presidente da República, o aquecimento global e assim por diante...
Voltei em sua residência para uma avaliação do que ele havia implantado e pude perceber que as curas  principais não haviam sido feitas. Ele não pintou nas cores recomendadas, inverteu a posição da mobília, colocou um sofá de costas para a entrada principal, ou seja, ele estava enfrentando os problemas que eu diagnostiquei no local antes de sua mudança. 
Seu padrão energético era compatível com a nova casa e o mesmo não o deixava praticar as mudanças necessárias. É aquela história: somos atraídos por um imóvel (tipo de planta) porque nosso destino é passar por determinado problema ou estamos enfrentando determinado problema porque decidimos morar naquela casa???
Me tornei uma estudiosa de Feng Shui, por conseguir provar na minha vida as mudanças que ele traz. Ele nos dá o caminho, seguir por ele é uma decisão pessoal, mas ao trilhar esta nova maneira de pensar, de modificar a energia que nos cerca, de entender como objetos, pensamentos, pessoas, vizinhanças e locais influenciam a nossa vida, encontramos ferramentas que nos conduzem mais rapidamente ao sucesso, saúde e bem-estar.
A cerca de 10 anos atrás eu morava numa linda casa construída por mim e meu marido, cercada de natureza, porém eu trabalhava como Assistente de um alto executivo numa multinacional, do outro lado da cidade. Num dia bom eu levava 2 horas para ir de manhã e 2 horas e meia para voltar a noite, presa num trânsito caótico.
Após o ter meu primeiro filho, percebi que a rotina era dura demais para mim e quis sair da casa, para morar num apto "no meio do caminho".
Mesmo tendo chamado um especialista em Feng Shui, poucos meses depois comecei a apresentar problemas de saúde, que por mais que eu "curasse" o apto, só se agravavam...pensava: "será que é a água corrente que tem atrás do prédio ou a porta do banheiro da suíte que fica no pé da cama?" 
Interessante é que a vizinha do apto de cima apresentava problemas seríssimos de saúde e a de dois andares abaixo também apresentava problemas imunológicos como eu...
Já com a saúde debilitada, resolvemos que eu iria deixar a vida executiva estressante e mudaríamos de casa. Voltamos então para o local anterior, cercado de paz, árvores, plantas e até um cachorro (prescrito pelo meu médico).
Comecei então a procurar uma casa conforme os príncipios do Feng Shui (vou ensinar isso num outro artigo), o que não foi muito fácil por se tratar de casas prontas, mas felizmente encontrei uma que precisou de poucos ajustes.
Um ano depois da mudança, minha vida já estava renovada. Aos poucos fui deixando os remédios, a saúde melhorou, a vida estabilizou e em 2010, contrariando meu médico, fiquei grávida novamente.
É claro que "em casa de ferreiro o espeto é de pau". Nem tudo aqui está na  perfeição do Feng Shui. Ainda tenho um sofá mal posicionado (não acho um lugar para ele na sala) e temos preguiça de entrar pela porta principal (a da cozinha é mais perto da garagem). Tudo bem que isso faz a gente comer a beça, mas nada que as outras áreas energizadas não compensem!